BUSQUEMOS SEMPRE A PAZ , INCESSANTEMENTE, ININTERRUPTAMENTE!...

sábado, 2 de junho de 2012

UNICEF- ONDE ATUA


Alcançarem importantes melhorias na qualidade de vida de crianças e adolescentes.

Apesar de estar presente em praticamente todo o território nacional, o UNICEF reconhece que as regiões Norte e Nordeste – especialmente no Semiárido e na Amazônia –, as periferias urbanas, as nações indígenas e as comunidades quilombolas são as que possuem os piores indicadores sociais no Brasil.
Por isso, para universalizar os direitos de crianças e adolescentes, é preciso centrar foco em algumas áreas geográficas do Brasil. São elas:
  • o Semiárido brasileiro, onde se encontram os piores indicadores sociais e mais de 70% dos 13 milhões de crianças e adolescentes vivem na pobreza;
  • a Amazônia, onde vivem 9 milhões de crianças e adolescentes de considerável diversidade étnica e social, habitando esparsamente enormes áreas onde o desenvolvimento econômico, social e institucional é precário;
  • as comunidades populares dos centros urbanos do País, onde a violência assume índices crescentes.
Ao elegermos essas prioridades geográficas, estamos reafirmando o compromisso de chegar a todas as crianças e a todos os adolescentes com a clara consciência de que para chegar a todos é preciso chegar a cada um deles, com suas características específicas, suas situações peculiares e suas histórias singulares. 

http://www.unicef.org.br/


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá...obrigada pela sua visita...seu comentário é muito bem-vindo e necessário!...estou aqui para aprender cada vez mais, interagir com formas diferentes de pensar também!...cada um tem sua opinião e cada opinião será respeitada por mim...adoraria que pudéssemos ter em cada postagem um fórum para conversarmos à respeito do que está sendo abordado, mas seria muita pretensão de minha parte pensar que isso possa acontecer...mas sonhar não custa nada e falar sobre soluções para nossa humanidade, comunidades, cidadãos desprovidos de seus direitos básicos é mesmo muito complicado...sei que muitas pessoas desanimam, uma vez que já estejam sem esperanças de mudanças...mesmo assim, eu não poderia passar por essa existência sem deixar aos meus filhos a consciência da importância de se lutar por um mundo melhor...obrigada mais uma vez!...paz e bem!